Resenha - Sobre Demônios e Pecados, Rubem Alves

Nascer com o dom para escrever é para poucos. E ter o dom da palavra para escrever sobre educação e a essência do ser humano é raríssimo. Mas, Rubem Alves sabe fazer isso com excelência e folga para descanso, nunca um autor conseguiu me fazer ter tanto apreço pela sua escrita como ele.

As crônicas presentes nesse livro sabem como encantar e trazer reflexão, ao mesmo tempo em que, aborda assuntos sérios onde de certa forma não estão tão distante de nós, apenas não refletimos sobre eles no dia-a-dia.
"Tantas coisa que existem não fazem a menor diferença para as pessoas - nem sequer são percebidas. E tantas coisas que não existem se apossam do corpo e da alma das pessoas, fazendo com elas coisas extraordinárias".
Sobre demônios e pecados trás uma escrita sem muito formalismo, abordando as formas de pecado que é cometido no cotidiano, onde mostra que muitos podem ser nas suas moderações, virtuosos. O livro não carrega nenhum teor religioso ou dogmático, apenas formas de um psicanalítico irreverente de perceber os demônios pessoais que cada um tem dentro de si.

O livro é dividido em duas partes. A primeira: mostra termos, formas e nomes que são atribuídos durante a história, e sua mudança durante o tempo - de enxergar o pecado e as entidades demoníacas - no sentido de fixação de ideias, irracionalidades e rendição pelas quais o “ser” se deixa dominar.
"A psicanálise reconhece uma curiosa dança dos prazeres - eles são capazes de abandonar seus locais de origem e se alojar num outro, que não é naturalmente seu"
Já na segunda parte aborda os tão famosos sete pecados capitais – A ira, a inveja, a gula, a luxúria, a arrogância, a avareza e a preguiça – trazendo sobre eles suas ideias. Fazendo mostrar que não se encontram tão distantes, e sim, fazem partes do ser humano, e muitos não são tão impuros como muitos pensam. O que me fez pensar muitas vezes durante a leitura “e não é que é assim mesmo”.

O demônio colocado aqui, não tem chifres, calda, olhos vermelhos ou lanças mortais, não. Mesmo que o título, a capa e as imagens que contêm no livro transpareçam dessa forma, Rubem Alves leva-nos para dentro de nós mesmo, para podermos dar uma espiada básica nos demônios escondidos dentro de nós que fazemos tanta questão de esconder e que por sua vez causa em nosso corpo ações descontentes à nossa vontade.

Àqueles que acharam que o livro versa demagogia de que “pecado é ruim e leva ao inferno” esqueçam isso, o livro trás proposta mais que bem pensadas, enlaçando pensamentos e textos de outros livros à luz do Rubem, com fundamento psicanalítico de um escritor sério, para quem o conhece. O livro é mais que recomendado.



Título: Sobre demônios e pecados
Autor(a): Rubem Alves
Editora: Verus
Número de páginas: 86
Gênero: Não-fictício
Classificação: 


Um comentário